Vic-Vaporub e outras crendices

Dona Merce e suas crenças medicinais sempre me colocou em circunstâncias não muito confortáveis, principalmente na infância. Eu, pobre criança, nada tinha a fazer a não ser seguir o que diziam os mais velhos, no caso, minha mãe.

A situação mais constrangedora, sem dúvida, era quando a gripe me pegava de jeito e ela sacava o inseparável potinho de Vick-Vaporub.

Febril, com tosse, nariz congestionado. Lá vinha dona Merce antes de me colocar na cama espalhar Vick por todo o peito, pescoço, e enfiar o produto nas narinas da filha. Para dar o toque final, ela enrolava um lenço xadrez em meu pescoço. Era para não tomar friagem.

Aquele ritual me mostrava que poderia haver coisas mais chatas que os sintomas de uma simples gripe.

Ainda assim, me submetia a ele sem reclamar. Não tinha opção, na verdade. Dona Merce era tão segura de suas crenças que não dava brecha para alguém retrucar.

Outra receita infalível guardada em sua manga era o velho copo com água morna. Uma beleza contra má digestão e gases. O líquido transparente no copo de vidro, mais para o quente que para o morno, como ela antes prometera, é algo difícil de esquecer.

Naquela época, rejeitá-lo era uma atitide em vão. A única saída era contar até três, prender a respiração e tomar as goladas de água quente.

Até hoje, vira e mexe dona Merce reaparece com alguma de suas manias milagrosas. Dias atrás, ela sugeriu que eu passasse uma camada de Vick numa espinha indesejada.

Não sei se ela aplica essas crenças em causa própria. Sinceramente, nunca a vi virar um copo de água morna ou desfilar pela casa com um lenço cheio de Vick-Vaporub preso ao pescoço.
Mulher sábia, dona Merce.

 
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: